Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

22
Nov12

2ª Pessoa do Singular ou Pronome

Como ver a Margarida a lançar fogo flamejante pelos olhos? É esperar até eu entrar num estabelecimento comercial ou não, e ser tratada por "você". É como se um demónio se apoderasse de mim naquele momento, fazendo aparecer um rubor nas faces e arrepiar os pêlos dos braços. Acho uma falta de educação, um erro terrível. É feio, muito feio na minha opinião. Parte do meu trabalho é também atender ao balcão e dar informações, e fazer tal coisa nunca me passaria pela cabeça.

Bem, pior mesmo é quando me tratam por "Tu" porque quem me está a atender tem a mesma idade, ou porque vou com um fato de treino vestido. Aí é o fim da parada e nunca mais entro naquele sítio. Tratar a pessoa de maneira diferente pela idade ou pelo aspecto provoca-me asco.

Não há leis gramaticais que definiam "até aos 20 anos, com fato de treino trata por tu; se tiver 25 e uma roupa casual, deve-se tratar por você; se tiver 25 e estiver vestida formalmente deve tartar-se por senhora". Bullshits.

Eu fui educada a tratar as pessoas por "o senhor";"a senhora; "a menina", e por aí fora, por isso gosto de ser tratada da mesma maneira. Desde o secundário que também os meus professores assim procederam, o que ainda me fez ganhar mais este hábito. Trato por Doutor ou Engenheiro quem demonstre questão que assim o seja, mas isso já me passa ao lado. 

Já na família do Bruno é tudo ao contrário! Eles tratam tudo e toda a gente por você e é a maneira mais educada que utilizam para tratar alguém. Apesar de no inicio me incomodar, sei que não é por mal; é simplesmente uma questão de educação/hábito e faz com que também os trate assim por convivência - faço a tradução mental de você para tu. Óbvio que na família, no circulo de amigos, ou mesmo aqui no blog não tenho estas esquesitices de "Desculpa, mas já nos conhecemos?" ou um "Posso tratar-te por tu?" ao que leva uma resposta tipo "NÃO", mas incomodamente profundamente que uma pessoa que não me conhece de lado nenhum me trate de uma forma tão informal.

Mas como vivemos num país de extremos, vemos pessoas desconhecidas a tratarem-nos por "tu" mas vemos também pais e filhos a tratarem-se por "A Mamã faz isto, ou aquilo? A Mamã dormiu bem?, ao que a mamã responde: "A mamã dormiu bem, e o menino? Teve uma boa noite?". Bahhhh.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D