Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

23
Abr13

Dor sonhada

Acordo várias vezes de noite com o barulho do Mike sacudir as orelhas, ou com o barulho que ele fazia a beber água na cozinha de madrugada, ou com o barulho dele a subir e a descer da cama. Ouço as suas unhas a bater no chão enquanto percorria as divisões da casa antes da aurora. Sinto a sua respiração ao lado da minha cara, como quando me pedia para dormir debaixo dos lençóis. Eu sei que não é imaginação, porque eu ouço e sinto de verdade. Então se não é imaginação, só pode ser saudade. 

Uma saudade forte que aperta o coração durante a noite quase sufocando aquando estes episódios, e saudade que se torna insuportável durante o dia, pois apesar de ser o meu subconsciente a proporcionar-me estas situações, prefiro senti-las mesmo sendo irreais do que passar o dia inteiro sem o ouvir, sem o sentir e sem o cheirar...

2 comentários

Comentar post