Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

29
Jan12

Muito obrigado

Atingimos as 30.000 visitas. Pode parecer poucos para alguns, mas é enorme para mim. Comecei o blog em brincadeira e nunca pensei que durasse mais de 2 meses, muito menos que aquilo que escrevo ou o meu dia-a-dia tivesse interesse para alguém. Mas cá estamos. Muito obrigado aos que cá vêm visitar-me, do fundo do coração. 

27
Jan12

Aos interessados

Este fim de semana ocorre na Exponor, a 74ª e 75ª Exposição Canina do Norte. Para quem gosta de cães, vale bem a pena. É talvez a maior exposição canina do país, onde se vê cães de imensas as raças, para todos os gostos e feitios. Deixo ainda o conselho, para quem decidir passar por lá com o objectivo de ver o máximo de raças diferentes, é melhor programar a visita para a parte da manhã, pois conforme se vão fazendo as provas, os eliminados começam a abandonar a exposição.

16
Jan12

Coisas da minha infância

O mundo das Barbie's foi a minha primeira e grande paixão. Uma obsessão, demasiado grande para uma criança tão pequena. Tenho-as desde que me conheço, e lembro-me do amor profundo que tinha por tudo que tivesse o tão conhecido "B" cor-de-rosa, representativo da marca. 

Aquele era o mundo fantástico vindo da minha imaginação, onde eu sonhava viver um dia. Ser linda e elegante como a Barbie, ter montes de roupa de todos os estilos, e um namorado cheio de charme (fosse o Ken, ou na falta dele, um Action Men qualquer que os miúdos se esqueciam cá em casa).

Após anos de dedicação diária a vesti-las, penteá-las, cortar-lhes os cabelos (na fase em que sonhava ser cabeleireira), ou mesmo alterar a maquilhagem com a primeira Bic que tivesse à mão, foram 57 Barbies, 2 casas, uma tenda, um carro e um cavalo que consegui manter em bom estado.

Esta até tinha elevador que funcionava a pilhas. O delírio no auge dos meus 7 anos.

 

A casa de campo, bem menos utilizada pelo trabalho que dava a montar. 

Para além de descapotável este carro era extensível, alterando o numero de lugares de 2 para 5.

 

O cavalo para os passeios no campo.

A tenda montada no meu quarto, onde chegavamos a brincar 4 raparigas lá dentro.

A minha primeira Barbie de colecção.

 

As Barbies Spice Girls (outra paixão de infância para um post futuro), tive-as repetidas porque traziam roupas diferentes, e eu não conseguia decidir qual queria.

 

Talvez as leitoras mais novas que por aqui passam já não conheceram este vício, que com os anos foi-se tornando cada vez menos presente, até que pouco falta para a extinção da Barbie, à excepção dos coleccionadores. Eu tenho a confessar que ainda hoje, quando vejo uma Barbie fico nostálgica, lembrando a minha infância e as minha fieis companheiras.

Pág. 1/2