Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

27
Set16

Podia ser pior

Saí de casa atrasada, e já com metade do carro for a da garagem lembrei-me que tinha deixado almoço ficou no frigorífico. 'Bora fazer marcha atrás tão rápido que nem deu tempo de activar os sensores de estacionamento. A bem dizer houve sensor, mas "touch" porque só dei por ele quando ouvi a pancada. Nada de muito grave aconteceu à viatura, apenas uns risquinhos (e o encaixe da matrícula). Já eu estou aqui com uma dor no pescoço que mal me aguento. Para ajudar à minha vergonha, tive um vizinho que assistiu a tudo e parou para ajudar.

- "Está tudo controlado?"

-" Está, obrigado. Nada de grave. Falta de café."

 

26
Set16

A dúvida do ano (lectivo)

Hoje recomeçam as minhas aulas de Luxemburguês. Mudei de escola para uma mais perto de casa, vou ter novo professor, novos colegas e vou aproveitar hoje a hora de almoço para ir comprar material escolar. Mas após longos anos de percurso escolar, hoje surgiu-me uma dúvida inédita: comprar um simples caderno de capa preta e umas canetas bic porque servem perfeitamente (e o meu lado adulto me diz para não gastar dinheiro desnecessário nisso), ou procurar os cadernos mais giros e as canetas mais póneis e florescentes possíveis (e arrepender-me assim que a menina da caixa me disser o valor)? Eis a questão.

 

25
Set16

...

Todas temos aquele par de calças guardados no armário que apenas nos servem quando estamos mais magras. Não as usamos a maior parte do ano, mas estão lá porque haverão de nos voltar a servir quando a dieta resultar. Esse dia há-de chegar. A sensação de apertar aquele botão sem parecermos um chouriço transmontano é pura felicidade. Uma felicidade temporária, já o sabemos à partida porque não vamos conseguir manter aquele peso durante muito tempo. Sabem o que isso é, não sabem?

Não, infelizmente não emagreci. As minhas calças continuam bem no fundo do guarda-roupa, mas é a comparação perfeita para demonstrar o que sinto pelo fim-de-semana.

24
Set16

Só as mulheres entendem

Só as mulheres entendem a alegria de sair de casa em direcção ao shopping com um orçamento mental para comprar umas calcas, e sair de lá com as calças, três camisolas e umas sabrinas pelo mesmo valor. Melhor do que isto só quando nos dizem que estamos mais magras...

24
Set16

Do what you love

Para quem chegou agora ao blog e não nadam a vasculhar posts da idade da pedra, há uns anos atrás desisti da universidade de enfermagem e mudei-me para enfermagem veterinária. Foi complicado ao inicio, principalmente pela reacção dos meus pais que não ficaram muito felizes pela ideia de trocar o que na altura imaginavam como um futuro seguro e estável, por uma profissão que existia há dois ou três anos e sobre a qual não havia perspectivas nenhumas.Acabaram por aceitar, e hoje percebem o quanto sou feliz e realizada com a profissão que escolhi. 

O que eu nunca imaginei foi que houvessem tantas semelhanças entre pessoas que escolhem a mesma profissão. Ok, estou a generalizar, mas mesmo assim olho a minha volta e vejo tantas semelhanças entre mim e os meus colegas. Sei que o meio e as experiências diárias ajudam a esta coisa de nos rirmos das mesmas piadas quando mais ninguém as percebe, de termos interesse pelos mesmo artigos ainda que nada tenham a ver com trabalho, já para não falar do uso das mesmas expressões. 

Mas acredito também que já seriamos pessoas "semelhantes" antes de nos cruzarmos, ou escolhermos a área de trabalho. Pelas empresas que vou passando e quantos mais colegas conheço, vejo que vamos seguindo mais ou menos os mesmo estilos de vida e fazemos as mesmas opções de longo prazo. Escolhas como ter filhos ou não, comprar/alugar casa, pensar na vida a longo prazo/viver um dia de cada vez. Imagino que o mesmo aconteça em todas as profissões, mas não há melhor ambiente de trabalho do que trabalhar com pessoas felizes com a profissão que escolheram. Não haveria outra forma de tornar os trabalho mais chatos como necrópsias matinais de animais que já morreram à dias e que já foram congelados e descongelados entretanto (imaginem o perfume!), num momento que não chamaria de agradável, mas o menos penoso possível.

il_340x270.631357949_p7cn.jpg

 

23
Set16

Sobre a separação Hollywoodiana do momento

Relações são coisas complicadas. Não sou a pessoa mais experiente do Mundo para falar sobre elas (porque só tive uma até hoje e espero que dure por muitos anos) mas seguindo: Angelina Jolie e Brad Pitt separaram-se, para regozijo de tudo que é meio de comunicação. 

Até aqui tudo normal, muito se vai falar, muita tinta vai correr. Primeiro foi a anorexia da Angelina, depois o possível affair com a Marion Cotillard (aproveitou a onda para vir anunciar a sua gravidez), agora fala-se em consumo de drogas e violência psicológica por parte do Brad. As revistas também dão trabalho a muita gente, e tem de vender, certo? Mas vir falar da Jennifer Aniston para mim é um pouco "too much". Ele trocou-a à 12 anos atrás (12 anos!), ela sofreu, toda a gente soube, os média espremeram aquela separação até à ultima gota, ela recompôs-se e refez a sua vida. 

Acho que sou a única pessoa a pensar que passado 12 anos ela já atirou tudo para trás das costas, ultrapassou o divórcio tumultuoso, e que estará em casa a pensar: "Brad, quem diria que as nossa vidas seguiriam rumos tão diferentes? Tu de novo a passar por este turbilhão público, tens a tua imagem e vida profissional a cuidar, a preocupação pelo bem-estar dos teus filhos todos, o espreitar constante com os paparazzi... É muita pressão Brad, e não é fácil. Boa sorte com isso".

Ou talvez não, mas eu sou pessoa para acreditar em relações equilibradas pós-divórcio, e em felicidade numa segunda oportunidade. Não deixa de ser irónico que a profissão deles - directa ou indirectamente - influenciem a nossa opinião sobre estes e outros assuntos. 

22
Set16

Bilhetes para a Disneyland Paris

Desde míuda que gostava de ir à Disneyland Paris, mas nunca surgiu a oportunidade. Até que este, ano no aniversário do Bruno, decidi oferecer-lhe dois bilhetes com entrada nos dois parques, ou seja, a Disney e o Parque Walt Disney. Eu sei, eu sei que isso não se faz mas tenho a certeza que ele também ia gostar.

Isto foi em Julho, as férias foram passando, rápidamente chegou Setembro, e segunda-feira acaba a validade dos bilhetes. Tentei oferecer ao meu irmão mas ele também não pode, assim a modos que se alguém estiver por Paris e tiver vontade de ir passar um dia à Disney, antes de 26/9/2016, que me avise porque tenho dois bilhetes que estão pagos e não vão ser aproveitados. Não tenho intenção de tornar este blog num daquele que oferece coisas, porque não tenho parcerias com ninguém e a minha forretice também não o permite. 

Agora repitam comigo: "Não me vou voltar a aproveitar de presentes de aniversários alheios, porque o karma é tramado e a coisa vai correr mal". 

 

22
Set16

Dicas linguísticas

Se estiverem a aprender alguma língua estrangeira, experimentem ler/pedir a um colega/professor para vos ensinar uma palavra e uma expressão por dia. Ouçam, peçam para escrever e escrevam vocês tambem. Antes de ir dormir façam uma revisão mental da "palavra/expressão do dia" que aprenderam nesse dia e ao longo da semana.

Parece uma coisa tão básica mas garanto-vos que ao fins de umas semanas sabem umas quantas expressões novas, que se tornaria impossível caso tivessemos tentamos decorar tudo de uma vez.

22
Set16

Coisas que só acontecem em Portugal

No dia 20 de Março de 2013 saí de Portugal. No meio de tantas expectativas e euforia por a mudança, esqueci-me de pagar as portagens (shame on me!).

Ao longo destes três anos e meio tenho recebido toda a correspondência que me é endereçada porque continuo a ter morada em Portugal. Fui recebendo cartas das Finanças relativas a IRS e coisas que tal, como pagamentos de Imposto Único de Circulação sobre os carros, sem problema algum. 

Pois bem, três anos mais tarde, os senhores das Finanças decidiram (e muito bem) cobrar o valor das tais portagens que ficaram por pagar em  Março de 2013. Mas como não conseguiam entrar em contacto comigo até agora (really?), aumentaram o valor da portagem que seria uns 20€ para um montante próximo de 400€. 
Acedendo ao Portal das Finanças continuava sem ver dívida alguma porque esta nunca apareceu no sistema. Ainda assim, após várias tentativas falhadas de contacto não tive outra solução se não pagar a mesma.

Eu sei que o erro foi meu, que deveria ter pago, mas foi assim tão difícil contactar-me (e ao que parece, apenas para falar sobre este assunto)? Não havia necessidade de esperar até chegar ao valor de umas férias no sul de Espanha, ou noutro sitio qualquer paradisíaco...

21
Set16

Metas

A melhor parte de ter voltado ao blog é ler todas as maluquices que escrevi há tanto tempo atrás. Algumas coisas tão infantis que nem sei se deveria apagar por tamanha vergonha, ou se deixo ficar para daqui a vinte anos me voltar a rir (uma espécie de cápsula do tempo online). Ao mesmo tempo, encontro coisas tão maduras que nem parecem ter sido escritas pela mesma pessoa. Há 6 anos atrás escrevi isto

 

 

"Preciso mudar. O que fui e o que sou. Deveria ser uma aluna mais aplicada. Uma amiga mais aplicada. Uma filha mais aplicada. Deveria parar de me sentir feliz apenas com aquilo que tenho, e querer mais. Correr atrás daquilo que quero e acredito. Ser mais responsável. Admitir para mim de uma vez por todas que tenho 20 anos, e não 16.

 

Está na hora de fazer mudanças na minha pessoa. Acho que esta é uma boa altura para isso."

 

 

Acho que levei este pensamento à letra, mesmo sem o saber na altura. Atingi as metas a que aqui me propus. Bem, quase todas.

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D