Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

27
Jul17

Às mães e não-mães que me lêem

Vou correr o o risco de com este post abrir uma enorme caixa de Pandora mas cá vai:

Mães e não-mães que lêem este blog, como e quando é que o vosso instinto maternal deu sinais de vida (ou ausência)? 

Sonharam em ser mães desde pequeninas e andavam com as bonecas atrás para todo o lado? Ou eram como eu, e nem no mundo imaginário da Barbie queriam bebés? 

Têm a certeza absoluta que serão cat ladies forever? Ou andaram desde a adolescência à procura de um ser humano masculino com qualidades suficientes para vos fecundar? 

Ambicionavam uma família numerosa mas depois de um determinado episódio, mudaram de ideias; ou sempre imaginaram uma vida exclusivamente a dois? De um dia para outro, acharam que se conseguem criar um cão, a coisa é capaz de resultar com uma criança? Nasceram sem a "opção" que liga as hormonas desejastes de pupilos?

Ou nunca pensaram muito nisso, e tiveram/terão filhos porque é assim o ciclo da vida? Idade? Questões religiosas? Pressão social? Medo de solidão na velhice? Demasiado amor para dar? Medo do que este mundo pode fazer a um ser tão inocente? Criar bons cidadãos para melhorar o mundo? 

Vá, não se acanhem e contem-me tudo!

4 comentários

Comentar post