Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

28
Ago17

Impossível, dizia eu?

Quando decidi começar a correr, há 8 anos atrás, não corri mais do que 500m até sair traída pelos meus pulmões de preguiçosa. Demorei meses (largos meses) a ganhar a condição física que me permitisse fazer 1km, depois 2km, até aos 5km, 7km e depois os 10km, que eram o meu objectivo desde o inicio; algo quase impossível, pensava eu, porque certamente iria desistir antes de lá chegar. 

Entretanto nestes 8 anos, tenho parado e recomeçado várias vezes: há alturas em que me motivo e consigo treinar certinho (e juro que não há nada melhor do que ver os resultados a aparecer), mas depois lá vem o Invernus Horribilis e passo meses sem treinar (a neve e o frio não ajudam nadinha esta alma de lontra que gosta é de comer). O facto é que mesmo passando por períodos parados, nunca se volta à estaca zero.

Em Julho decidi que era hora de recomeçar, depois de uns 9 meses parada. Comecei por umas voltas ao quarteirão de 2km, fui tentando pouco a pouco ir procurar a atleta que estava adormecida em mim, e ontem foi o dia: ainda que não esteja em forma, consegui convencer o meu corpo a fazer novamente 10km. 

Eu sei, não é assim um objectivo tão grande, são apenas 10km. Todos os dias vejo amigos próximos que fazem 20km ou mais, mas para mim este objectivo tem um significado enorme porque é a prova do quanto eu mudei, que a minha procura contínua por uma estilo de vida mais saudável está a dar frutos. Porque eu não sou uma desportista nata como o senhor meu esposo, nunca gostei de exercício físico, muito menos sem companhia ou motivações externas. 

Mas a minha motivação passou a ser o meu bem-estar, a minha saúde. Fui aprendendo que ninguém o pode fazer por mim, nem há receitas/truques milagrosos e é nisso que penso quando chego a casa depois de um dia de trabalho e ainda hesito entre deitar-me no sofá, ou calçar as sapatilhas e ir correr sozinha. (Isso, e as fotos das famosas boazonas em biquíni, bem como aqueles instagram's de pessoas que perderam 50kg ou mais, e o peso na consciência por comer porcarias).

Screenshot_20170828-170530.png

(Eu prometo que só volto a falar de corridas e exercício físico quando atingir outra meta igualmente marcante para mim).

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D