Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

30
Jan17

Não tens wi-fi?

Não tenho internet em casa desde que saí de Portugal. As minhas visitas olham-me quando com cara de quem acabou de ver um unicórnio quando me pedem a pass e eu digo que, de verdade, não tenho net em casa. 

Tanto eu como o Bruno temos smartphones com 10GB de internet por mês - é bem mais do que suficiente para gastar entre facebooks e quotidiano. Temos computador com internet no trabalho, e sim, em casa também temos computador (!) mas o programa que o Bruno usa para trabalhar não precisa de net. Quando o smartphone é insuficiente para a tarefa desejada, ponho-o a servir de router para o computador ainda que isto tenha de ser feito com atenção porque se me estico lá se vão os 10GB num instante (e em caso de urgência vou a casa da minha mãe usar o wi-fi dela).

Para além da necessidade ser um aspecto bastante questionável,  conhecemo-nos bem o suficiente para saber que se tivéssemos internet em casa íamos ainda passar mais tempo agarrados às tecnologias. Mesmo assim, quantas vezes estamos na cama, cada um com o seu telemovel na mão a ver o que se passa no resto do mundo, sem ter perguntado um ao outro como correu o seu dia?

Sem uma net ilimitada o que faço em casa quando não há nada para fazer? Ai que mentira, há sempre alguma coisa para fazer em casa

1. Cozinho por prazer, sem pressas nem obrigações;

2. Leio o mais que posso;

3. Aproveito a televisão por satélite, e desta forma sou obrigada a fugir ao que seriam as minhas escolhas óbvias. Descobri que a-do-ro filmes franceses e ando sempre à procura deles, até os agendo no telemóvel;

4. Dedico mais tempo aos meus animais;

5. Passo mais tempo fora de casa, geralmente a fazer caminhadas na Natureza. 

Questiono-me muitas vezes se a internet ilimitada é assim uma necessidade tão grande, eu própria achava que era até viver sem ela. Vale realmente o dinheiro que custa ao fim do mês? Dinheiro esse que poderia ser gasto numa outra actividade qualquer, ou o próprio tempo perdido agarrados ao interminável mural do facebook, ou ao instragram, ou a uma série qualquer? Cá em casa achamos que estamos bem assim, e até os 10GB no smartphone se têm revelado demasiado. 

 

 

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D