Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

06
Dez17

O mistério das chaves

O meu trabalho mudou de instalações o mês passado mas por questões de logística, todos guardamos as chaves do antigo local. Se eu nunca na minha vida tinha perdido umas chaves (nem de casa, que já tenho desde muito tenra idade), óbvio que tinha de acontecer com as chaves do trabalho.

Para mais, eu trabalho num serviço publico, onde pôr um simples prego na parede envolve todo um filme burocrático de pedidos e autorizações aos serviços de administração, portanto nem queria imaginar o que esperar quando eu informasse que teríamos de mudar todas as fechaduras do edifício. 

Eu sou a pessoa mais "cabeça no ar" que conheço e tenho sempre coisas em lugar incerto, mas a verdade é que tudo acaba por aparecer mais cedo ou mais tarde. Posto isto, decidi informar os meus chefes que as minhas chaves estavam em lugar desconhecido, mas seria uma questão de tempo até elas aparecem, e que poderíamos esperar umas semanas até assumir que elas estavam realmente perdidas (até porque não estavam a fazer falta alguma). 

Também já aqui vos falei do meu gato: o meu "Sopas de tomate", de seu nome oficial Hayana Gazpacho, mais conhecido por Gaspar, ou Gaspas, ou simplesmente, Gordo.

O Gordo é o gato mais meigo e querido do mundo, e quando vos digo do mundo, poderia dizer até do Universo, porque - acreditem em mim, eu conheço muitos gatos - nunca vi nenhum como este. Quando fazemos o seu check-up anual, temos praticamente que o meter debaixo de uma torneira de água porque não há outra forma de o fazer parar de ronronar, e com o ronrom, não conseguimos avaliar o coração. Nem por estar em cima de uma mesa de veterinário, nem de barriga para cima, nem com gel de ecografia frio na pele, ele acalma o seu motor de mimo. 

É um gato fácil de lidar (deixa dar banho, limpar orelhas, cortar unhas no maior relax), vem quando chamamos o nome dele, pede colo e dá beijo como se fosse um cão. É muito limpinho, calmo e nunca faz asneiras. Costumo dizer que o Gaspas é o gato perfeito, e que se todos fossem assim, haveria mais pessoas com gatos do que com cães.

Mas, e há sempre um "mas", ele é cleptomaníaco e não pode ter acesso à minha bolsa: os seus principais alvos são lenços de papel e canetas, mas se tiver um pacotinho de bolachas ou barra de cereais, também marcha.

Já prevendo que o desaparecimento das chaves poderiam ter sido obra do Sr. Gaspar, virei a minha casa ao contrário, chegando até ao ponto de desmontar o sofá, e nada de chaves, mas afinal, eu sou desorganizada e o porta-chaves em metal não é o típico objecto que os gatos gostem de pegar com a boca, logo seria mais provável que culpa fosse minha. Até que hoje de manhã fui buscar mantas lavadas para trocar as deles e ouvi lá no fundo, um barulho de metal. Ali estavam as minhas chaves, dentro do armário, atrás das mantas e cobertores dos meus quatro-patas. 

Para além do alívio, acho que a minha sorte é trabalhar num laboratório veterinário, cheio de amantes de animais, que a cada traquinice como esta, me respondem sempre com um "Ohhhh, tãããão fofo!".

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D