Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Margarida

Blog da Margarida

19
Abr17

Tardes de cinema em casa

Tivemos fim de semana prolongado, e tendo em conta a vontade do S. Pedro, não fizemos muito mais do que dar um passeios com a Camila e ficar em casa a ver tv, a ler e a cozinhar. 

Já aqui falei sobre o facto de não ter internet, e da forma como giro a minha vida quando não podemos pegar na nossa pala de pirata e navegar até encontrar um filme ou uma série que nos agrade. Na verdade, agrada-me não poder escolher o que vou ver. Tenho NOS em casa e se no meio de tantos canais não encontramos nada que nos interesse, talvez o problema sejamos nós e não a NOS (não resisti ao trocadilho).

Quando digo que não encontramos nada que nos interesse, digo isto no verdadeiro sentido da frase: nada que nos interessa, e não aquilo que achamos que não nos interessa mas nunca perdemos 2 minutos da nossa vida nem para experimentar. Como também já disse aqui, descobri que sou fã de cinema francês apenas porque fui "obrigada" a ver um filme ou outro. 

Esta era a verdadeira magia da televisão, ligarmos o aparelho e ver o que estava a dar; sem mais por onde escolher do que os 4 canais. Digamos que ficar pelos 4 canais me faz pensar em voltar à pré-história, mas ficar-me pelas poucas dezenas de canais que tenho parece-me suficiente. 

Acabei por me perder pelos TVcines e vi 3 filmes maravilhosos que de outra forma não veria:

A Modista. Adorei, adorei, adorei. Que papelão, Sr. Winslet! (Fez aquelas duas horas a passar a ferro passarem por mim a voar)

Os 8 Odiados. O filme foi longo, louco, com voltas e reviravoltas e só no final, quando vimos que era do Sr. Tarantino é que percebemos de onde veio aquela loucura toda, a violência gráfica e aquela quantidade de sangue. Nunca teria visto este filme se pudesse fazer download da Anatomia de Grey. 

Bons rapazes. Não gosto de comédias, ainda que sejam mais policiais do que comédias. Também não gosto particularmente do Ryan Gosling, acho que a melhor cena dele foi esta, e nem precisava de falar, bastava mesmo estar ali quietinho, só a mostrar o sixpack. No final resultou, e gostei de ver. 

2 comentários

Comentar post